Centro de Pesquisas sobre Governação e Desenvolvimento | Centre for Research on Governance and Development

Comunicado de Imprensa - O Apoio Público à Democracia em Moçambique é Baixo

O Afrobarómetro é uma série comparativa de inquéritos de opinião pública, cobrindo 35 países Africanos na 5ª Ronda (2011-2013). O Afrobarómetro mede as atitudes do público relativamente à democracia e suas alternativas, avalia a qualidade da governação e o desempenho económico. O inquérito ainda avalia as visões do eleitorado sobre questões políticas críticas nos países em estudo. O Afrobarómetro também compara esses aspectos ao longo do tempo, considerando que quatro rondas foram implementadas até agora desde 1999 a 2008 e a 5ª Ronda encontra-se nesse momento em progresso em Africa.

A pesquisa do Afrobarómetro em Moçambique é coordenada pelo Centro de Pesquisas sobre Governação e Desenvolvimento. O trabalho de campo da 5ª Ronda ocorreu em Moçambique entre 17 de Novembro e 9 de Dezembro de 2012. Foram entrevistados 2400 cidadãos moçambicanos, e uma amostra desse tamanho produz resultados com uma margem de erro de +/-2 porcento no intervalo de confiança de 95 porcento.

O inquérito de opinião pública do Afrobarómetro revela que o nível de apoio popular à democracia em Moçambique é baixo. Apenas cerca de 63 porcento dos respondentes afirmaram que preferem a democracia que qualquer outra forma de governo. Uma percentagem significativa apresenta altos níveis de alienação da política. De facto, cerca de 12 porcento expressaram que não importa o tipo de  governo que tem e 14 porcento não sabe.

Comparando mudanças ao longo do tempo, o apoio à democracia em Moçambique tem estado a aumentar, mas esse aumento não é significativo. De avaliação para avaliação o apoio popular à democracia em Moçambique tem estado a aumentar apenas ligeiramente. O aumento não chega a pelo menos 5 pontos percentuais.

Dos 22 países pesquisados até agora em Africa, Moçambique fica em último lugar, com a excepção de Lesotho e Mali. A média Africana de apoio à democracia é de 75 porcento e Moçambique fica atrás 12 pontos percentuais.

Para mais informações: